terça-feira, outubro 21, 2008

Atrelagem de Tradição – Concurso de Outono 2008

A Golegã recebeu nos passados dias 18 e 19 de Outubro o Concurso de Outono de Atrelagem de Tradição, uma iniciativa da Associação Portuguesa de Atrelagem e da Câmara Municipal da Golegã.
Tratando-se de um evento equestre impunha-se a presença da Associação Equestre de Porto Salvo, que se fez representar ao mais alto nível pelo seu presidente, Ricardo Baptista, tendo como passageira Ana Paula Cardoso, que na categoria de parelhas arrecadou o 3º lugar.

A Atrelagem de Tradição é uma modalidade que visa a manutenção da atrelagem tradicional e dos seus saberes, conservando o valioso património hipomóvel, promovendo o cavalo e estimulando o convívio, já que, nesta disciplina é incentivada presença de passageiros nas atrelagens.
O Concurso é composto por três provas: Apresentação, Percurso de estrada e Maneabilidade.
Na prova de Apresentação três juízes avaliam 5 parâmetros:
Equídeos, Arreios, Carruagem (valorizando-se a antiguidade, qualidade e estado de conservação), o conjunto dos ocupantes (Condutor, Groom e Passageiros) e a Impressão Geral.
A prova de Percurso tem uma distância de 15 Km com 5 dificuldades, ou seja, provas que testam as capacidades do condutor em ambiente normal de passeio. Esta prova tem tempo previsto, que não pode ser ultrapassado nem adiantado, sobe pena de se sofrerem penalizações.
A Maneabilidade tem uma distância de 800 m e um percurso de 20 obstáculos, onde se testa a destreza da equipagem e do seu condutor.
O Concurso foi presidido pelo Senhor Manuel Veiga e os concorrentes foram julgados por um júri internacional presidido pelo Senhor Barão Christian de Langlade (Presidente da Associação Internacional de Atrelagem de Tradição).

As provas de Apresentação e Maneabilidade decorreram no Parque da Quinta da Broa, enquanto que o Percurso ligou esta magnifica propriedade e a Golegã, tendo as 5 provas de dificuldade decorrido dentro desta linda localidade.
Ressalve-se a magnifica organização e o empenho pessoal do Presidente da Câmara Municipal da Golegã, José Veiga Maltez, que se revelou um excelente anfitrião.
Uma palavra de apreço para a Comissão Organizadora, Madalena Abecassis, Alexandre Matos, José de Castro Canelas e José Folque de Mendonça.
As provas contaram com numerosa assistência e muitos representantes de famílias brasonadas portuguesas, afinal esta modalidade alia a tradição, o prazer, a beleza e o charme.
Foram dois dias agradáveis, numa região magnifica, onde a tradição falou mais alto.

A Associação Equestre de Porto Salvo pretende organizar uma prova ibérica de Atrelagem de Tradição em 2009, no âmbito das comemorações dos 250 anos do Concelho de Oeiras, tirando partido dos magníficos conjuntos arquitectónicos aqui existentes.